Notícias

Dívidas herdadas impedem que o Carnaval seja realizado por Prefeitura em Nuporanga.

Data de Publicação: 17/02/2017

Fonte: Assessoria de Comunicação

A Prefeitura do município e Estância Climática de Nuporanga, no ano de 2017, não irá realizar o carnaval popular.

O prefeito em substituição Daniel Viana Melo afirmou que a festa não será realizada por causa da crise financeira instalada no município.

“As condições em que os cofres públicos foram encontrados pela atual administração nos leva a ter cautela com os gastos. Hoje a prefeitura municipal prioriza os atendimentos nos setores da saúde, educação, pessoal e recuperação da frota sucateada. Existe ainda um Decreto Municipal Nº 016/2017 feito este ano pela administração para fixar prazos e valores para que possamos quitar as dívidas deixadas pela administração anterior junto aos credores e queremos cumpri-lo”, esclareceu.

De acordo com o prefeito seria necessário pelo menos cerca de R$ 250 mil reais para realizar um evento de qualidade na cidade, mas o município não tem estes valores disponíveis para serem aplicados no evento.

“Recebemos a Prefeitura com mais de R$ 5 milhões de dívidas e agora estamos trabalhando para acertar tudo isso. O carnaval é um evento popular, tradicional e de grande importância para o lazer da população, mas é preciso estrutura para uma boa festa e principalmente responsabilidade para assumir os compromissos financeiros de um evento deste porte e honrá-los ao contrário do que acontecia. Para que a população tenha conhecimento do caos instalado, a montagem da Fearten do ano de 2015 não foi paga pela gestão 2013-2016, a dívida deixada deste evento se aproxima de R$ 60.000,00 (sessentamil reais), entre muitas outras” disse o prefeito.

Embora a cidade possua um amplo salão municipal de eventos (popularmente conhecido como “Salão de Festas”) o que poderia baratear os custos de montagem,as tentativas de realizar o Carnaval no local em anos anteriores foram frustradas. Há uma rejeição popular ao evento quando realizado no local.